VISITANTES

Perfil

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
Um blog comprometido com o resgate da cidadania."O aspecto mais importante do caráter de Cristo, foi sua confiança na grandeza da alma humana". É necessário enxergar a verdade sobre o mundo e sobre nós mesmos, ainda que ela nos incomode e nos seja desagradável.

Pesquisar este blog

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Boato ou verdade? após rejeição de 80%, cúpula do PT/DF faz Agnelo desistir de reeleição


Com uma rejeição recorde de 80% no Distrito Federal, Agnelo Queiroz teria sido forçado pela cúpula do PT a desistir de concorrer em 2014. A informação, que vem sendo classificada como boato nas redes sociais, foi passada pelo jornalista Evan do Carmo, que afirma não ser especulação e que “soube de fonte segura, que o PT do DF não quer correr o risco de perder o comando de Brasília, e para tal está buscando outro nome, que seja ficha limpa, com pouca rejeição, e, sobretudo, que agregue a maioria do partido coisa que Agnelo nunca fez”.

Ainda segundo do Carmo, entre os nomes para concorrer estariam até políticos de outros partidos, como Jofran Frejat (PR), após o acordão de Brasília em que nomes como os ex-governadores José Roberto Arruda e Joaquim Roriz e o senador Gim Argello haviam se aliado para destronar o PT no DF. 

O jornalista relatou ainda que sua fonte relatou a possibilidade do PT lançar o deputado distrital Chico Leite, o mais votado na eleição passada, para disputar com José Antônio Reguffe (PDT) o senado, pois segundo os estudados no assunto, acreditam que o eleitor de Brasília vai usar como critério principal na sua escolha, saber se o candidato, independente do partido tenha um curriculum limpo e um passado honrado, pois só assim teria uma renovação de fato. 

Pesquisas – As últimas pesquisas apresentam Roriz em primeiro lugar Arruda em segundo. Do ponto de vista estritamente jurídico, não há qualquer empecilho à candidatura de Arruda, já que ele não foi condenado em órgão colegiado, sendo considerado ficha limpa, apesar dos diversos processos que tramitam contra ele. 

Agnelo Queiroz, aparece em terceiro ou quarto lugar nas pesquisas de intenção de voto e é, dos nomes do PT, o candidato mais derrotável, para comentaristas políticos. O vice, Tadeu Filippelli (PMDB), também não ajuda, pois não tem uma imagem positiva em Brasília. 

Crime eleitoral – Na semana passada, a Polícia Federal abriu investigação de crime eleitoral sobre três pré-candidatos ao governo do Distrito Federal: Agnelo, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) e o deputado federal Luiz Pitiman (PSDB/DF). De acordo com o site Congresso em Foco, a investigação também envolve o senador e ex-governador do DF Cristovam Buarque (PDT), os deputados federais Policarpo (PT/DF) e Érika Kokay (PT/DF) e o deputado distrital Cabo Patrício (PT). 

A suspeita é que eles tenham promovido um churrasco no período eleitoral, em 2010, para angariar votos. O inquérito foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) pois entre os envolvidos há pessoas com direito a foro privilegiado. 

Em 2010, segundo o Congresso em Foco, a Procuradoria Regional Eleitoral do Distrito Federal recebeu uma denúncia anônima com 64 fotos do evento, que teria acontecido em chácara do proprietário da Formato Engenharia, Sérgio Henrique de Melo. Nas fotos, os participantes aparecem com camisetas e adesivos de campanha dos sete políticos e também da então candidata à presidência Dilma Rousseff, segundo a denúncia. 

Inquérito - A PF abriu o inquérito em março de 2011 e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) afirmou que o caso deveria ser remetido ao Supremo Tribunal Federal (STF) por envolver congressistas. Após muitos recursos para manter a investigação na primeira instância, só agora a denúncia vai ser apurada, quase quatro anos depois dos fatos e às vésperas das próximas eleições. 

O inquérito chegou ao gabinete do ministro Ricardo Lewandowski há um mês, em 23 de dezembro, afirma a reportagem, e ainda deve ser analisado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O ministro do Supremo terá de decidir as diligências a serem pedidas pelo Ministério Público para comprovar se houve ou não compra de votos. Os envolvidos negam a participação. Pitiman afirmou que não teve relação com o evento, e que foi citado pois faixas mostravam seu nome nas fotos. O Ministério Público acredita que há “indícios de participação” de Pitiman no evento. 

Fonte: Câmara em Pauta - Postado por Daniela Novais.

De que lado esta a Sociedade de Brasília? De que lado vc esta?


DO GOVERNO ( ligação com o Cachoeira, que gastou 3x mais no Estádio da COPA, que criou Fakes para mentir e enganar a população (e ainda cria, pois a Polícia Militar e o Bombeiro Militar não comemora o aumento da criminalidade), que deixou o GDF com os cofres no vermelho, do caos na Saúde, Educação e Segurança. Caso João Dias de desvio de verba...etc)

O GDF esta colocando a culpa da Insegurança na PM... Daqui a pouco a culpa da Educação será dos Professores e da Saúde dos Médicos e Enfermeiros e demais profissionais da saúde.

EM UM PAIS DE PRIMEIRO MUNDO, a Polícia, os Professores, os Profissionais de Saúde, são valorizados, são respeitados...

Aqui:

Baderna é chamada de Manifestação....

Black Blocs são chamados de heróis....

E o PM é chamado de vagabundo e mercenário... (mas trabalhamos no minimo 48 horas... 8 a mais que as leis trabalhistas determinam... trabalhamos a noite e não temos adicional noturno... e ainda corremos 800% mais risco de morrer do que qualquer outra profissão)

ESTAMOS INVERTENDO OS VALORES...

A PM não tá de greve, não parou e nem vai parar...

Parou de fazer os serviços da PC (investigar, buscar informações para prender, guardar lugar de crime, etc)

Parou de fazer serviço do Detran (abordar veículos, multar infrações de trânsito, resolver problemas de trânsito, etc)

Parou de se arriscar no trânsito (só andamos na velocidade da via, não ultrapassamos sinal fechado, não andamos na contra-mão {quando uma viatura capota ou estraga, nós temos que pagar}...etc)

Parou de gastar do seu bolso (não usa mais seus celulares para checar informações de crimes, para ocorrências, etc)...

Todo o funcionalismo faz greve ou pode fazer, buscando melhorias...

Agora a PM e o BM não pode fazer só o seu trabalho (constitucionalmente)... Precisa fazer o dos outros também...

Se todos fizerem a sua parte... Se todos fôssemos tratados iguais...nada disso era preciso.

Jamais vou fazer por um filho e deixar o outro a ver navios... (dar presentes a um e a outro não)

Jamais vou prometer a um filho, algo que não possa dá.

Jamais vou abandonar meu filho, mesmo que ele esteja em dificuldade... (não queremos sair da Polícia Militar ou Bombeiro Militar, queremos ser valorizados...assim como os outros Órgãos estão sendo - não vou abandonar o Brasil por isso ou aquilo...vou lutar para melhorar...pois amo meu país)

Então Governador... Faça sua parte, trate todos da segurança Pública igualmente.

Cumpra suas promessas (ou pelo menos parte delas)

E SOCIEDADE... COBRE.... Mas cobre de quem tem culpa... De quem pode resolver.

Afinal... De que lado vocês estão?

Compartilhem amigos...e mostrem para a sociedade que não somos os culpados!!!

Fonte: Facebook.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O Artista 'Fantástico'

Um certo líder da cidade de Ceilândia, teria recebido um telefonema do Vice Governador Tadeu Filippelli oferecendo um DF14.

Fonte conta que assim que desligou o telefone o líder fez contato com a deputada Liliane Roriz, para saber sua opinião a respeito de aceitar ou não o cargo.

Liliane teria pedido ao líder que aguardasse a resposta. No outro dia pela manhã, fonte conta que o Líder que vale mais do que um DF14, recebeu a ligação do Governador Joaquim Roriz que falou o seguinte: Caro amigo se este cargo é para ficar com o Tadeu Filippelli pode aceitar. E ai? Alguma duvida? Verdade ou mentira?

Sabemos que é fácil entrar e difícil sair, mas falta pouco para a peça teatral mudar seu enredo.

Quem não viu o Filme O ARTISTA veja. No final ele se adaptou ao sistema e saiu do cinema mudo. Melhor ator do Festival de Cannes.

Na política do DF já temos o melhor artista…Ou será os melhores artistas?

A questão é saber se precisamos de Artistas ou de Gestores públicos.

Fonte: Blog da Cris - Cris Oliveira.

Fórum - Propaganda Eleitoral antecipada - TV Justiça

Washington Mesquita pode perder o mandato

washingtonMesquitaPoliticamente fragilizado após perder o fiel escudeiro Carlos Jales em 2013 – acusado de corrupção, e diante do aviso dado ao Padre Anastácio Moacir de que corre sério risco de ser transferido do DF para outro estado, o deputado distrital Washington Mesquita ainda vive um, digamos, inferno astral.

O PSDB ingressou no TRE/DF pedindo o mandato de Mesquita na Câmara Legislativa do DF. O processo será examinado e julgado possivelmente em abril.

O suplente, Raimundo Ribeiro, conceituado jurista e ex-vice-presidente do PSDB/DF, acredita que se fará justiça. “Washington enganou o partido e merece ser exemplarmente punido, porque o mandado não é dele. É do partido que o elegeu”, afirmou RR.

Fonte: Postado por Donny Silva.

Novo Caminho cai no precipício (e Agnelo abandona a reeleição)


Foto: Arquivo Notibras
O governador Agnelo Queiroz desistiu de disputar a cadeira que ocupa no Palácio do Buriti. Jogou a toalha e não tem ânimo sequer para discutir um nome ideal capaz de manter o PT na administração da capital da República. 

A decisão, tomada na quarta-feira 29, já foi comunicada a Rui Falcão, presidente nacional do partido. O deputado não disse uma sílaba para dissuadir o governador. Rei morto, rei posto. Mesmo que seja velho adversário e hoje neo-aliado. 

Pesou na decisão de Agnelo o fracasso da sua administração. O governador não teve forças para resistir ao caudal de denúncias desde o dia em que pisou o Palácio do Buriti pela primeira vez. O suposto envolvimento com Carlinhos Cachoeira foi apenas uma gota no oceano enlameado do governo. 

As denúncias não pararam. Os cofres do governo estão no vermelho e nada se fez ou se faz em benefício da sociedade. Áreas prioritárias como Saúde, Transportes, Educação e Segurança ficaram em segundo plano. Sobrou um estádio, com custo projetado de 600 milhões, mas que beirou 1 bilhão 500 milhões de reais. 

A tendência a abandonar a disputa começou a ser desenhada na semana passada. Contribuiu o resultado de enquete promovida por Notibras, ainda no ar. Não teve o dedo dos fakes palacianos. Quem opinou foi o povo. Os números traduzem uma espécie de Agnelo, O Breve. 

Diz a consulta virtual de Notibras: Agnelo terá 2014 como o seu ano 'D'. Na sua opinião, ele vai reeleito, disputar o Senado, disputar a Câmara ou abandonar a política. Os números chocaram o governador e assustaram seus aliados. 

De um universo de 3 mil 680 votantes, a esmagadora maioria (67%, com 2 mil 479 votos) disse acreditar que ele abandonará a vida pública. Seguiram-se 751 votos para disputar uma cadeira na Câmara (20%) e outros 17 votos para disputar o Senado (ínfimos 0,01%). O quesito reeleição foi catastrófico. Meros 433 votos, ou 12% do total. 

Enquete não tem fundamento científico. Inexiste a possibilidade de margem de erro. Mas nem por isso pode ser desacreditada. Principalmente se for considerado o fato de Agnelo, no caso em questão, quando o assunto é reeleição, ter o dobro do que a ele é dado pelo Ibope: 6%. 

O Ano D do governador parece começar com o carimbo de D da derrota. 

Fonte: Notibras.

Luiz Estevão se junta a Joaquim Roriz e Arruda contra o PT nas eleições?

Arruda de volta ao Buriti? Pode até acontecer. Mas sem a ajuda de Luiz Estevão

Quem em Brasília não tomou um susto ao ler a nota assinada pelas competentes jornalistas Ana Maria Campos e Helena Mader, na Coluna Eixo Capital do Correio Braziliense de hoje?

Nela, as aspas “Na política, não existem inimizades incontornáveis, nem amizades definitivas”.

A afirmação, é do ex-senador Luiz Estevão ao explicar como os ex-governadores Joaquim Roriz (PRTB) e José Roberto Arruda (PR), que já foram aliados e inimigos, voltaram a discutir uma possível aliança eleitoral para tentar derrotar o governador Agnelo Queiroz (PT), deixa a impressão de que Luis Estevão apoiará o ex-governador José Roberto Arruda no seu projeto de voltar ao Palácio do Buriti. É o que vem sendo noticiado na grande parte da imprensa local.

Não tenho procuração de Luiz para afirmar, mas o faço: ISSO NÃO ACONTECERÁ.

Enquanto lia a matéria, um filme passou na minha cabeça, foram as cenas de momentos tristes e difíceis, vividos por todos, e em especial pela família do ex-senador cassado Luiz Estevão de Oliveira Neto. O primeiro senador cassado na história democrática do Brasil.

Roriz pode até ter relevado as declarações atribuídas ao ex-governador Arruda, que teria dito: "durante muito tempo, acreditar que Roriz não só sabia, como também incentivou a delação premiada de Durval Barbosa, ponto de partida das denúncias do mensalão do DEM." Para Roriz, isso não lhe causa dor e muito menos no seio de sua família.

Dizem ainda as meninas: "Uma parceria entre os dois caciques significaria também uma união de Estevão e Arruda, algo inimaginável há alguns anos?" Não. Digo e reafirmo, NÃO.

Na mesma matéria escrita pelas "meninas do Correio", é assim que tratamos as duas colunistas, desde o tempo que faziam dupla as jornalistas Ana Maria Campos e Lilian Tahan, que foi substituída por Helena Mader. Lilian foi trabalhar na revista VEJA, nos deixou muita saudade pela sua competência, seriedade e profissionalismo. Uma distinta profissional.

O motivo que me leva a ter tanta convicção da declaração que faço: "o painel eletrônico do Senado que foi violado em 2000, justamente para que fossem revelados os votos da cassação do mandato de Luiz Estevão. Arruda foi um dos que mais trabalharam para a derrocada do então senador do PMDB, hoje no comando do PRTB, partido de Roriz e da herdeira do clã, Liliane Roriz."

Em um almoço no dia de ontem, Roriz detalhou o encontro que teve em Goiânia no último sábado, quando discutiu com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), com José Roberto Arruda e com o senador Gim Argello (PTB) uma possível aliança para as próximas eleições.

Reafirmo o que já escrevi aqui no blog: Luiz estará envolvido sim com Roriz, mas para eleger um número expressivo de distritais, dentre eles a própria filha de Joaquim Domingos Roriz, Liliane Roriz para deputada distrital, nada além de distrital. E mesmo sem ter falado com Luiz, garanto que jamais, ele dará uma carta branca em nome do PRTB, para José Roberto Arruda voltar ao Palácio do Buriti. Nem que fosse para Roriz voltar ao Senado em nome do PRTB.

Falo isso, por que sei do sofrimento que passaram dona Cleucy, esposa de Luis Estevão e principalmente os filhos mais velhos, Ilka, Fernandinha, Luizinho e Cleucyzinha. Os dois caçulas da família, Luiz Eduardo e Luiza, com 5 e 3 anos na época de cassação de seu pai, choravam ao verem seus irmãos maiores juntamente com a mãe também chorando. Sei do que Luiz Estevão é capaz de fazer pelo amor que tem a sua família.

Não entro aqui no mérito do que levou ao pedido de cassação de Luiz Estevão, e sim pela forma como foi conduzida a votação de sua cassação. As consequências, que levaram a dissabores inesquecíveis à sua família. Falo da violação do painel do Senado. E nisso Arruda estava envolvido. Até hoje ninguém sabe por sua boca, o que o levou a participar do episódio.

Diante dessas pequenas filigranas da história, não tenho duvidas ao afirmar: É mais fácil, Luiz Estevão apoiar até o PT, do que apostar no que já chamam de o "Acordão de Brasília".

Fonte: Blog do Edson Sombra / Correio Braziliense.

Rodrigo Rollemberg desconhece pretensões do PPS


O senador Rodrigo Rollemberg (DF) negou, por meio da assessoria de imprensa, conhecer as pretensões do PPS de disputar, com o apoio do PSB, o governo do Distrito Federal com a pré-candidatura de Eliana Pedrosa.

A notícia foi publicada pelo Jornal Diário de Pernambuco em sua edição do dia 24 passado.

Rodrigo ressaltou, contudo, não haver nomes definidos para a disputa, nem o dele mesmo, como pretendia Eduardo. O senador disse que não falaria sobre a disposição de o PPS concorrer com nomes próprios em estados como Amazonas e Maranhão, recebendo o apoio do PSB. “As alianças só serão definidas a partir de março”, declarou.

Fonte: Jornal Diário de Pernambuco - Por Aline Moura

Negociando o futuro 'Eunício Oliveira & Lula'

Ao convocar o líder do PMDB, senador Eunício Oliveira, para uma reunião hoje em São Paulo, Lula demonstra toda a sua preocupação com o crescimento da candidatura do governador Eduardo Campos (PSB) no Nordeste.

O ex-presidente sabe que tanto Eduardo quanto o senador Aécio Neves (PSDB) andam jogando simpatias e prometendo o apoio do PSB e do PSDB à candidatura de Eunício ao governo do Ceará, usando um argumento incontestável: o PT cearense ficará no palanque do PROS, do governador Cid Gomes.

Lula sabe que dificilmente convencerá o senador peemedebista a desistir de seu projeto de ser governador, mas quer pelo menos impedir a aliança dele com o ex-senador Tasso Jereissati.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Dilma irritada com o partido

A presidente Dilma Rousseff tem criado uma crise atrás da outra dentro do PT e saído aos gritos dos encontros com o presidente Rui Falcão.

Quando Falcão faz relatos das decisões petistas nos estados, Dilma fica enlouquecida e determina que Rui Falcão enquadre o PT.

Um dos cenários que tirou a presidente do sério foi o Ceará. Lá, Dilma quer que o candidato do PT ao Senado seja a ex-prefeita Luizianne Lins. Só que quem controla o partido e por isso quer ser o candidato é o deputado José Guimarães (PT/CE), irmão do mensaleiro José Genuíno.

Ao saber disso, Dilma fez cara feia e se irritou com as resistências do PT de Pernambuco em apoiar Armando Monteiro a governador, e do PT da Paraíba querer ter candidatura própria em detrimento do apoio ao ministro Aguinaldo Ribeiro, do PP.

Dilma avisou a Rui Falcão: desse jeito vai ser complicado o diálogo com o PT.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

A vez dos amadores na campanha do DF e os mortos vivos que sonham com o Buriti


O lançamento da candidatura do ex-governador José Roberto Arruda (PR) ao Buriti, supostamente se unindo a Joaquim Roriz (PRTB), com as bênçãos do governador de Goiás Marconi Perillo, além da candidatura a reeleição do petista Agnelo Queiroz, faz da próxima campanha supostamente uma briga de amadores e mortos vivos.

Outra vez o discurso será de buscar-se o novo, dirão que as ruas buscam um desejo de mudança completa na estrutura política local.

Se for verdade, a conclusão é de que existem grandes chances de sair uma nova cara para disputar o próximo pleito, que pode ser: Rodrigo Rollemberg (PSB), Eliana Pedrosa (PPS), Alberto Fraga (DEM), Antônio Reguffe (PDT), Liliane Roriz (PRTB), Izalci Lucas, Marcio Machado, Luiz Carlos Pitiman (PSDB) e Jofran Frejat (PR). No momento, no conceito de alguns caciques, são os amadores.

Uma breve analise de cenários:

Joaquim Roriz e suas principais virtudes e dificuldades:

1- Não contaria com apoios de PSDB e DEM obrigados pela Direção Nacional;

2- Apesar da elevada idade, isso não o impediria de uma campanha onde é o mais forte: Na rua;

3- Dependeria de ser liberado pelo Judiciário, atualmente está inelegível.

José Roberto Arruda. Virtudes e dificuldades:

1- O PSDB não teria dificuldade em tê-lo como cabeça de chapa, uma vez que suas relações com o partido são fortíssimas, e lá conta com o seu leal amigo Márcio Machado;

2- O DEM o vetaria nacionalmente;

3- Os partidos que pensam em abandonar o PT, a maioria não subiria em seu palanque;

4- O PR sendo base de Dilma, não atrairia os demais partidos de oposição;

5- Parte da população o rejeita pela Caixa de Pandora;

6- Enfrentaria uma campanha extremamente dolorosa pela TV, embora alguns dos seus aliados, já tenham na ponta da língua como rebater as acusações que virão contra ele;

7- Alto desgaste no mundo político.

Agnelo Queiroz. Virtudes e Dificuldades:

1- Reestruturou várias carreiras de servidores do GDF;

2- Afirma que terminou algumas e construiu inúmeras obras;

3- Vai entrar para história do DF, como o governador que construiu o Estádio Nacional;

4- Atualmente conta com baixíssima popularidade;

5- É o segundo governador mais rejeitado do país;

6- Conta com os partidos aliados do PT Nacional, e com os deputados distritais a quem distribui inúmeros cargos;

7- Terá que justificar o não cumprimento das promessas feitas em 2010 a milhões de eleitores diante das dificuldades na Saúde, transporte e Segurança, áreas sensíveis e com grandes problemas.

Os três, Roriz, Arruda e Agnelo são os profissionais.

Enquanto isso:

Rodrigo Rollemberg PSB estará no palanque que apoiar Eduardo Campos.

Izalci, Marcio Machado e Pitiman do PSDB, estarão no palanque de Aécio Neves.

Antônio Reguffe (PDT) estará no palanque em que estiver Marina Silva.

Eliana Pedrosa (PPS) e Alberto Fraga (DEM), estão liberados para estarem nos palanques tanto de Eduardo Campos, quanto o de Aécio Neves, mas estão vetados para subirem no palanque do PT.

Liliane Roriz pode compor o palanque que desejar, mas somente em caso de desistência de seu pai. Uma coisa é dada como certa, ela não estará com Arruda.

Frejat tem como opção, fazer um segundo palanque de Dilma, mas somente com a ausência de Arruda, já que ambos estão no mesmo partido.

A dificuldade de todos é a mesma: Reunir aliados. Quem se apresentar melhor nessa missão, terá mais chances de ser o candidato a enfrentar Agnelo Queiroz.

Resta saber qual dos "Amadores" chegará ungido até lá? E só ai todos saberão, quem são os mortos vivos. Aqueles que continuarão perambulando nos bastidores do mundo político do DF, na esperança de sentar um dia na cadeira que hoje se encontra ocupada por Agnelo Queiroz.

Fonte: Por Edson Sombra.

Coroando o PT pernambucano 'Dilma Rousseff'

A bancada de senadores do PT está inconformada com o autoritarismo da presidente Dilma Rousseff.

Até na escolha do líder no Senado, Dilma está se metendo e impondo o nome de Humberto Costa para suceder Wellington Dias.

Há um compromisso entre os petistas de que o senador que já exerceu a liderança não deve voltar ao cargo, para dar oportunidades a quem ainda não esteve na função.

Dilma atropelou esse acordo de cavalheiros dentro do PT e disse: “Quero Humberto Costa como líder no Senado”. E deve impor a sua vontade.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Retrato de campanha 'Eduardo Campos'

O presidenciável e governador Pernambucano, Eduardo Campos (PSB), participou no sábado, 25, de um almoço na casa do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB/PE).

Durante o almoço regado de dobradinha e galinha cabidela, os políticos mostravam uma descontração e autorizaram um registro fotográfico que mostrou uma situação política local, entre Jarbas e Eduardo, provocando o diretório do PT local.

Jarbas é peemedebista, e hoje seu partido faz parte da base aliada da presidente Dilma Rousseff, mas já declarou apoio a candidatura de Eduardo Campos.

No almoço o senador Aloísio Nunes Ferreira (PSDB/SP), foi homenageado por Eduardo Campos e Jarbas, que o consideram um tucano de alta plumagem e fiel escudeiro de José Serra.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Família em primeiro plano 'Eduardo Campos'

Nesta segunda-feira, 27, o presidenciável Eduardo Campos (PSB), publicou em seu facebook um recado de como é importante a família em uma campanha.

Eduardo foi convidado pela organização do fórum econômico mundial, que aconteceu em Davos-Suíça, a participar do evento.

Ele agradeceu ao convite, mas ficou no Brasil para o nascimento do filho Miguel, que está para nascer a qualquer momento. Eduardo declarou: “Família para mim, está em primeiro plano”.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Programa da Cris - 29/01/2014 'Sucesso'

Muito obrigado pelo excelente Programa da Cris e com convidados Dedé Roriz Solano, Aderbal Luiz da Silva, Sandro Gianelli e Jabá pessoas muito especiais, e minha amiga maravilhosa Cris Oliveira tocando o programa com muita personalidade, acredito que Brasília vai dar um grande exemplo nas eleições de 2014...Sucesso

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Programa da Cris hoje na Rádio Federal ás 20:00 horas.

Nesta quarta-feira no Programa da Cris vamos receber os Blogueiros Sandro Gianelli, Sérgio Loros e Jabá, o empresário Aderbal Luiz e o Dedé Roriz do PRTB para um bate papo político sobre os novos acontecimentos na política do DF.

O “Acordão” vai valer ou não vai? O que melhorou no transporte público do DF após a suposta intervenção na Viplan? O que a Comunidade está achando da operação Tartaruga Plus?

Se liga no Programa da Cris na Rádio Federal Web, ás 20:00 horas do JEITO QUE VOCÊ CURTI.


Fonte: programa da Cris.

Para onde Fraga irá

Só em último caso o ex-secretário Alberto Fraga, presidente regional do DEM, voltará a disputar uma cadeira no Senado.

Em princípio apoiará a reeleição do senador Gim Argello, com quem se encontra com frequência.

Fraga deve concorrer mesmo a deputado federal. 

Fonte: Do Alto Da Torre.

A grande família 'Arruda'


Com ou sem candidatura e eleição, 2014 será especial para o ex-governador José Roberto Arruda.

A mulher dele, Flávia Péres, está grávida. O casal, que já tem Maria Luísa, espera o bebê para setembro. 

Fonte: Eixo Capital.

Luiz Estevão se junta a Joaquim Roriz e Arruda contra o PT nas eleições


“Na política, não existem inimizades incontornáveis, nem amizades definitivas”. A afirmação, do ex-senador Luiz Estevão, explica como os ex-governadores Joaquim Roriz (PRTB) e José Roberto Arruda (PR), que já foram aliados e inimigos, voltaram a discutir uma possível aliança eleitoral para tentar derrotar o governador Agnelo Queiroz (PT).

Durante muito tempo, Arruda dizia acreditar que Roriz não só sabia, como também incentivou a delação premiada de Durval Barbosa, ponto de partida das denúncias do mensalão do DEM. Uma parceria entre os dois caciques significaria também uma união de Estevão e Arruda, algo inimaginável há alguns anos. Só para lembrar: o painel eletrônico do Senado foi violado em 2000 justamente para que fossem revelados os votos da cassação do mandato de Estevão. Arruda foi um dos que mais trabalharam para a derrocada do então senador do PMDB, hoje no comando do PRTB, partido de Roriz e da herdeira do clã, Liliane Roriz.

Confabulando 

Joaquim Roriz e Luiz Estevão almoçaram juntos ontem, na casa do ex-governador no Park Way, acompanhados de Valério Neves, amigo de ambos. Roriz detalhou o encontro em Goiânia no último sábado, quando discutiu com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), com José Roberto Arruda e com o senador Gim Argello (PTB) uma possível aliança para as próximas eleições. Estevão garante que deu carta branca para as negociações de Roriz, em nome do PRTB, para a disputa ao governo ou ao Senado. “Estou engajado em eleger pelo menos três deputados distritais”, diz. 

Obs.: Joaquim Roriz e Luiz Estevão almoçaram juntos ontem, na casa do ex-governador no Park Way 

Fonte: Correio Braziliense - Ana Maria Campos e Helena Mader.

Evan do Carmo diz: Agnelo desistirá da reeleição


Com o aparecimento ostensivo dos ex-governadores, Joaquim Roriz (PRTB) e José Roberto Arruda (PR). O cenário político do DF pega definitivamente. A último burburinho é que o governador Agnelo Queiroz, não deve concorrer a reeleição. Quem traz a informação é o jornalista Evan do Carmo.

Abaixo o texto

Com uma rejeição recorde no Distrito Federal, Agnelo Queiroz teria sido forçado pela cúpula do PT a desistir de concorrer em 2014.

Não se trata de mais uma especulação, uma vez, que o jornalista que vos fala não tem interesse em publicidade desta natureza, contudo, soube de fonte segura, que o PT do DF não quer correr o risco de perder o comando de Brasília, e para tal está buscando outro nome, que seja ficha limpa, com pouca rejeição, e, sobretudo, que agregue a maioria do partido coisa que Agnelo nunca fez..

Entre os nomes estão até políticos de outros partidos, como Jofran Frejat, motivo teria sido a ultima notícia de que Arruda e Roriz haviam se aliado para destronar o PT no DF.

Segundo minha fonte, há também a possibilidade do PT lançar o Chico Leite, atualmente deputado distrital pelo PT, também o mais votado na eleição passada, para disputar com Reguffe, pois segundo os estudados no assunto, acreditam que o eleitor de Brasília vai usar como critério principal na sua escolha, saber se o candidato, independente do partido tenha um curriculum limpo e um passado honrado, pois só assim teria uma renovação de fato.

Nota do blog - Agora é só aguardar o desenrolar dos fatos. O jornalista em questão não é sujeito as especulações. E mais: essa conversa dentro do PT/DF, não é novidade.

Fonte: Blog do Odir Ribeiro / Blog do Evan do Carmo.