VISITANTES

Perfil

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
Um blog comprometido com o resgate da cidadania."O aspecto mais importante do caráter de Cristo, foi sua confiança na grandeza da alma humana". É necessário enxergar a verdade sobre o mundo e sobre nós mesmos, ainda que ela nos incomode e nos seja desagradável.

Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

União processa assessor de Agnelo por desvio milionário em contrato

Raimundo Júnior, homem de confiança do governador, é acusado pelo governo federal de ter autorizado convênio fraudulento em 1996. Prejuízo atualizado chegaria a R$ 5,3 milhões

 

Diretor do PT no Distrito Federal e homem escolhido pelo governador Agnelo Queiroz para liderar a transição entre a gestão de Rogério Rosso e a atual administração, Raimundo Ferreira da Silva Júnior está com os bens bloqueados pela Justiça em ação na qual a União tenta  recuperar R$ 5,3 milhões que teriam sido desviados dos cofres públicos. Leia mais
 
Fonte: Metro Brasília
Blog do Edson Sombra

Novos rumos na UNB

O Julgamento do mensalão do PT no Supremo Tribunal Federal (STF) começa a surtir efeito nas universidades federais em todo Brasil. Comandada pela esquerda e quase sempre por petista a Universidade de Brasília (UNB) deu uma resposta na eleição para reitoria.

Conhecido como conservador de idéias consideradas de direita, Ivan Camargo derrotou a petista bancada pela CUT, Marcia Abrahão, com isso a maioria dos decanos que apoiaram Camargo, se unem para uma mudança radical no perfil administrativo da UNB.

Camargo acredita que a mudança pode transformar o sonho de Darci Ribeiro em realidade, com a ajuda dos decanos e líderes estudantis farão da Universidade de Brasília um modelo para o Brasil.

“A presença do PT e da CUT nesta eleição foi muito tímida temendo o desgaste do julgamento chamado mensalão”.  Desabafou um militante histórico do PT.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa

Liliane: “A política social do DF esconde a verdade da população”

Parlamentar criticou a estratégia do GDF de “superlotar e esconder" a população de rua em albergues
A presidente da Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa, Liliane Roriz (PSD), criticou duramente a estratégia do governo local de construir albergues para abrigar a população de rua. Segundo Liliane, o dinheiro destinado a esse projeto deveria ser utilizado em políticas públicas para evitar o aumento da mendicância. As declarações da parlamentar foram dadas nesta quinta-feira (27) durante audiência pública proposta pela distrital para discutir a instalação de um albergue social na QNR 01 de Ceilândia.
 
Para Liliane, o beneficiado acaba se tornando dependente permanente do Estado. “Os recursos para um projeto como esse seriam melhor utilizados em projetos sociais que investissem no ser humano. O que o governo do DF tem feito é esconder a verdade da população ao superlotar albergues com moradores de rua”, argumentou. Leia mais
 
Fonte: CLDF
Blog do Edson Sombra

Aécio diz que Lula é 'líder de facção'

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) voltou a criticar o ex-presidente Lula.

Dessa vez, ele acusa o petista de agir “como líder de facção” e manchar a imagem ao defender os réus do escândalos do mensalão. "O que nós estamos percebendo é que o lulismo da forma que existia, quase messiânico, que apontava o dedo e tudo seguia na mesma direção, não existe mais", afirmou.

Para ele, os ataques do ex-presidente aos tucanos é uma forma de desespero e o "lulismo" de antes foi enterrado. "Claro que ele (Lula) sempre terá avaliações positivas em algumas regiões de sua influência, mas da forma como existia no passado, estamos percebendo que não existe mais", enfatizou. 

Cotado para 2014, Aécio passa por cidades nordestinas, como Maceió, onde candidatos tucanos disputam a Prefeitura.

Fonte: Cláudio Humberto

“Arruaceiro” e “Safadowski”

O deputado catarinense Esperidião Amin tem uma forma muito peculiar de se referir a Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski, até agora os dois principais personagens do julgamento do mensalão no STF.

Para Amin, Barbosa é o “arruaceiro” e Lewandowski, o “Safadowski”: Leia mais
 
Fonte: Veja.com / Radar Online
Blog do Edson Sombra

Julgamento do Mensalão: STF condena base corrupta de Lula no Congresso

Foram condenados por corrupção passiva Valdemar Costa Neto, Roberto Jefferson, Bispo Rodrigues, Romeu Queiroz, José Borba e Pedro Corrêa


Após 29 sessões do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), a maioria da corte escreveu hoje um importante capítulo na história política brasileira: o governo Lula cooptou, sim, parlamentares para formar sua base no Congresso Nacional e comprou votos para aprovar seus projetos no Legislativo. Leia mais
 
Fonte: Veja.com
Blog do Edson Sombra

Julgamento do Mensalão: Condenação de Roberto Jefferson no Supremo abre crise no PTB

 
Com a provável condenação pelo Supremo por corrupção passiva no processo do mensalão, como já pediram cinco ministros do STF, o deputado cassado Roberto Jefferson deixará a presidência do PTB.

Pelo estatuto interno do partido, quem assumirá a vaga é o primeiro vice, cargo ocupado pelo ex-deputado Benito Gama. 


Mas os petebistas estão em crise e um grupo de parlamentares tenta marcar nova eleição para novo presidente e evitar entregar a direção da legenda ao ex-presidente da CPI do Congresso que em 1992 cassou o então presidente Fernando Collor, hoje senador pelo próprio PTB.

Por Leonel Rocha

Fonte: ÉPOCA.com / Felipe Patury 
Blog do Edson Sombra

Julgamento do Mensalão: Cármen: jovens não devem desistir da política

Ministra lamenta que corrupção cause desencanto

 
A ministra Cármen Lúcia aproveitou ontem o fim do seu voto durante o julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) para dizer que os jovens não devem desistir da política em razão dos erros de alguns.

A ministra, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), destacou que existem bons políticos e que a alternativa à política é a guerra.

Mas lamentou, faltando poucos dias para as eleições municipais de 7 de outubro, que a corrupção tenha o efeito de provocar o desencanto da população com a política. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Globo
Blog do Edson Sombra

A teoria política da corrupção

Há duas leituras contrastantes, mas ambas coerentes, sobre o 'mensalão do PT'


Nos idos de 2005, o cientista político Wanderley Guilherme dos Santos formulou o discurso adotado pelo PT face ao escândalo do mensalão.

O noticiário, ensinou, constituiria uma tentativa de “golpe das elites” contra o “governo popular” de Lula. Ano passado, o autor da tese assumiu a presidência da Casa de Rui Barbosa, cargo de confiança subordinado ao Ministério da Cultura.


É nessa condição que, em entrevista ao jornal “Valor” (21/9), ele reativa sua linha de montagem de discursos “científicos” adaptados às conveniências do lulismo.


Dessa vez, para crismar o julgamento do mensalão como “julgamento de exceção” conduzido por uma corte “pré-democrática”. Leia mais

 
Fonte: O Globo
Blog do Edson Sombra

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Distritais aprovam indicação de Paulo Tadeu ao Tribunal de Contas do DF

 
O plenário da Câmara Legislativa aprovou, por unanimidade dos 23 deputados distritais presentes na votação, a indicação do deputado federal Paulo Tadeu (PT) ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) no início da noite desta quarta-feira (26).

A votação ocorreu logo após os membros da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) sabatinarem o parlamentar em sessão extraordinária realizada no plenário da Casa.

Paulo Tadeu foi escolhido pelo governador Agnelo Queiroz para ocupar a vaga aberta com a aposentadoria do conselheiro Ronaldo Costa Couto. Leia mais
 
Fonte: CLDF 
Blog do Edson Sombra

Os tentáculos da confiança

 
Ter costas quentes pode ser um privilégio, mas também pode representar muita dor de cabeça. É o caso do subsecretário de modernização da Ciência e Tecnologia, Gustavo Brum. Leia mais
 
Fonte: Blog do Edson Sombra

Fundo Constitucional: A marcha da insensatez de alguns distritais e dirigentes do Sinpol

Washington Dourado
Nas últimas semanas a Bancada da Segurança na Câmara Legislativa e dirigentes do Sinpol, Sindicato dos Policiais Civis, começaram uma campanha para questionar a destinação de recursos do Fundo Constitucional para ajudar no custeio da Educação e Saúde.

Primeiro eles conseguiram aprovar a convocação do Gestor do FCDF para explicar o investimento deste recurso.

Agora querem abrir uma CPI para investigar uma suposta diminuição da parcela da Segurança no FCDF e, claro, questionar o repasse para a Educação e Saúde.

A Constituição Federal afirma que o FC é para “manutenção” da Segurança e “assistência financeira” à Educação e Saúde. Portanto, este fundo não é para bancar apenas a Polícia Civil, Militar e Bombeiros, mas também para assistir financeiramente as outras duas áreas.

Além disso, se o objetivo é mesmo construir uma sociedade minimamente civilizada, com fundamento na cultura de paz e justiça social, o lógico é aumentar o investimento na Educação, diminuindo a necessidade de gasto no aparelho repressor do Estado. Leia mais
 
Fonte: Blog do Washington Dourado 
Blog do Edson Sombra

Julgamento do Mensalão: Ministros defendem Lewandowski em embate

Para Marco Aurélio, Barbosa precisa respeitar colegas e policiar linguagem


 O relator do mensalão, Joaquim Barbosa, e o revisor, Ricardo Lewandowski, tiveram ontem um novo e duro embate. Dessa vez, o estopim foi o voto do revisor absolvendo o ex-tesoureiro do PTB Emerson Palmieri.

O relator ficou irritado e recomendou que o colega fizesse seu trabalho direito. Marco Aurélio Mello entrou na discussão para pedir ao relator que policiasse sua linguagem e parasse de ofender as pessoas.

O presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, e o decano, Celso de Mello, também saíram em defesa do revisor. Na primeira parte da sessão, Lewandowski recomendou que Barbosa não saísse tanto do plenário para entender melhor seu voto. Barbosa insinuou que as falas do colega eram enfadonhas. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Globo
Blog do Edson Sombra

Eu vi nascer o mensalão

 
Era sábado do começo de 2003 no restaurante Piantella, o melhor de Brasília. Lula havia ganho as eleições presidenciais de 2002 contra José Serra e estava em Porto Alegre, com José Dirceu e a cúpula do PT, discutindo com o PT gaúcho a formação do novo governo.
 
Como fazíamos quase todas as tardes de sextas e sábados, um grupo de jornalistas  almoçávamos a um canto, conversando sobre política e o pais. De repente, entram nervosos, aflitos, os deputados Moreira Franco, Gedel Vieira Lima, Henrique Alves, da direção nacional do PMDB, e começam a discutir baixinho, quase cochichando. Em poucos instantes, chega o deputado Michel Temer, presidente nacional do PMDB. Nem almoçaram. Beberam pouca coisa, deram telefonemas, saíram rápido. Leia mais
 
Fonte: Sebastião Nery - Blog da Tribuna
Blog do Edson Sombra

Divergência até por furto de chupetas

Lewandowski e Barbosa discordam em caso de furto de R$ 150

 
Dois vidros de óleo de amêndoas, um frasco de hidratante, duas chupetas e dois enxaguantes bucais. A conta do supermercado daria R$ 150.

No entanto, Liliane dos Santos não passou pelo caixa e tentou furtar as mercadorias, em Juiz de Fora (MG).

Foi presa em flagrante e obrigada a deixar tudo no local. 

Ontem, a 2ª Turma do STF concedeu um habeas corpus à ré para extinguir a ação penal. Leia mais
 
Fonte: O Globo 
Blog do Edson Sombra

Após muita negociação, Izalci retorna ao PSDB

Após horas de negociação com a cúpula do PSDB/DF, o deputado federal Izalci Lucas aceitou assinar a ficha de filiação do partido.

O parlamentar foi eleito pelo Partido da República, mas se sentia desconfortável por ser o único da sigla a fazer oposição ao governo de Agnelo Queiroz (PT).
 

Izalci chegou calmo na reunião e, apesar de questões do passado, preferiu não se indispor com alguns caciques tucanos.


Ele foi filiado ao PSDB há muito tempo e deixou a legenda após desentendimentos com importantes nomes da cúpula social-democrata. Leia mais

 
Fonte: Blog do Edson Sombra

A sorte de Izalci no PSDB


Ao contrário do que tem sido comentado na cidade, o retorno ao PSDB do deputado federal Izalci Lucas (PR/DF) não é tão certo assim.

O parlamentar, que dizia estar sendo perseguido no atual partido, sofre grande resistência de boa parte do tucanato de alta plumagem. Leia mais
 
Fonte: Estação da Notícia
Blog do Edson Sombra

Verdades e mentiras da política local


1 – O deputado distrital Chico Vigilante (PT) diz em alto e bom som que não existe qualquer turbulência na sua amizade com o governador Agnelo Queiroz. E arremata: “Estou irritado com os aproveitadores, aloprados e oportunistas que passam o tempo todo querendo colocar o governador em roubada”.

2 – Já tem gente na cidade dizendo que a licitação que irá/iria mudar o sistema de transporte coletivo do Distrito Federal tem todos os ingredientes de “uma grande enganação”.

3 - A licitação do transporte público no DF prevê a renovação de 90% da frota de ônibus. No total, cerca de 3 mil novos ônibus devem entrar em operação. E o preço da passagem continuará o mesmo? Leia mais

 
Fonte: Estação da Notícia
Blog do Edson Sombra

Paulo Tadeu será indicado para vaga de conselheiro

O deputado Paulo Tadeu (PT/DF) será indicado para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal.

A informação foi confirmada nesta noite pelo porta-voz do GDF, Ugo Braga.


Agnelo Queiroz enviará o nome para a Câmara Legislativa nesta quarta-feira (26/9). Leia mais

 
Fonte: Correio Braziliense
Blog do Edson Sombra

STF nega pedido do GDF de decretar ilegalidade da greve

O Supremo Tribunal Federal negou segmento à ação impetrada pelo governo do Distrito Federal que pedia que a greve da Polícia Civil do DF fosse considerada ilegal.

Em decisão tomada na última terça-feira (25), o presidente Ayres Britto fundamentou-se no parágrafo 1º do art. 21 do Regimento Interno do STF, que diz: “Poderá o Relator arquivar ou negar seguimento a pedido ou recurso manifestamente intempestivo, incabível ou improcedente e, ainda, quando contrariar a jurisprudência predominante do Tribunal ou for evidente a sua incompetência”.

(Veja aqui a decisão). Leia mais

 
Fonte:STF
Blog do Edson Sombra

Mendes critica nota de Dilma que contesta relator

Para ministro, depoimento da presidente "vale como os outros" e não cabe à Corte "buscar a interpretação autêntica do depoente"

Ministro Gilmar Mendes criticou ontem a decisão da presidente Dilma Rousseff de divulgar uma nota oficial
 
Em novo sinal da tensão que envolve o Planalto e o Supremo Tribunal Federal por causa do julgamento do mensalão, o ministro Gilmar Mendes criticou ontem a decisão da presidente Dilma Rousseff de divulgar uma nota oficial, na sexta-feira, um dia depois de ter sido citada em sessão da Corte. "O depoimento dela vale como todos os outros. Não é assim que se diz na República?", afirmou Mendes. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo
Blog do Edson Sombra

Oposição comemora adiamento sobre Zavascki

 
A suspensão temporária da sabatina do candidato a ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, favore os parlamentares que se opõem ao que consideram uma rápida tramitação da indicação.

Depois de ser interrompida na tarde desta terça-feira, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, devido à ordem do dia, a votação deve ocorrer agora só depois das eleições municipais.

De acordo com o presidente da CCJ, senador Eunício Oliveira (PMDB/CE), diante do calendário eleitoral, a comissão só será convocada para concluir a sabatina quando houver quórum suficiente para votação também no plenário. "Não vou convocar os senadores antes de que o plenário do Senado esteja em funcionamento. Senão nós correríamos o risco de votar na comissão, mas não haver quórum para votação em plenário. Não faria sentido", disse o senador. Leia mais
 
Fonte: Brasília 247 
Blog do Edson Sombra

O duelo entre PSB e PT nas capitais e no interior de São Paulo

 
No duelo entre os candidatos do PT e do PSB nas capitais Fortaleza, Recife e Belo Horizonte os petistas estão atrás. 

Mas não é só lá que as batalhas estão sendo perdidas. Perto de seu ninho, em Campinas, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva assiste o socialista Jonas Donizette (foto) disparar nas pesquisas de intenção de voto.

A cidade é considerada prioritária para o presidente do PSB, o governador de Pernambuco Eduardo Campos.
 
Por Igor Paulin

Fonte: ÉPOCA.com / Felipe Patury
Blog do Edson Sombra

Após veredicto, Gurgel seguirá com investigação sobre mensalão

PGR apura irregularidades em convênio entre BMG e INSS; Lula é acusado de favorecer banco

Procurador-geral da República, Roberto Gurgel
O fim da ação penal número 470, no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), significará a conclusão de apenas uma etapa do julgamento do mensalão. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse ontem que pretende destravar outras frentes de investigação após o veredicto sobre os réus julgados pelos ministros do STF. O término do julgamento está previsto para o fim de outubro.

- Do contexto da ação penal 470 surgiram diversas outras ações, em São Paulo, Minas Gerais e algumas coisas na Procuradoria-Geral da República. Assim que terminar esse julgamento, haverá um esforço para dar andamento a essas ações - disse Gurgel ao GLOBO, no intervalo da sessão plenária no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) . Leia mais
 
Fonte: Jornal O Globo
Blog do Edson Sombra

Piada pronta

A cabine de votação improvisada com uma pasta 007 pela comissão eleitoral na eleição desta manhã (25) para a direção da Federação Brasiliense de Futebol (FBF):



Fonte: Blog da Ana Maria Campos

Um tucano surpreende no Recife

 
O PSB pode ganhar no primeiro turno, mas em Recife a grande sensação das eleições é o candidato tucano Daniel Coelho.
 
Ele ultrapassou o petista Humberto Costa e está em segundo lugar fazendo uma campanha diferente.
 
Ele tem 35% das intenções de voto entre os jovens de 16 a 24 anos.
 
Usa sandálias, veste-se como riponga, prega o fim do caciquismo e tem grande apoio da comunidade GLS. Leia mais


Fonte: Blog do Noblat
Blog do Edson Sombra

STF mostra que 'não se condena só ladrão de galinha', diz Sandra Cureau

Em entrevista ao 'Estado', vice-procuradora geral defende Lei da Ficha Limpa e critica presença da religião nas eleições

Em meio ao julgamento do mensalão e a 10 dias das eleições, a vice-procuradora geral eleitoral, Sandra Cureau, acredita no efeito educativo das condenações pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e da aplicação da Lei da Ficha Limpa para afastar alguns candidatos dos cargos públicos. "O julgamento vai mostrar ao Brasil que não se condena só ladrão de galinha e vai mostrar aos políticos que as coisas estão mudando por aqui."

A Lei da Ficha Limpa, completa Sandra, permite que o eleitor conheça melhor quem são os políticos que querem representá-lo. "Você descobre esse universo. Temos vários casos de estelionatários, de condenados por malversação de dinheiro público, traficantes de drogas, estuprador, homicida." 

Em entrevista ao Estado, Sandra também criticou a contaminação religiosa nas últimas eleições. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo
Blog do Edson Sombra

terça-feira, 25 de setembro de 2012

O relatório que assombra o GDF

A pericia da Policia Federal prepara um relatório a ser entregue a CPMI do Cachoeira que vai tirar o sossego de muita gente que pensava ter saído ileso da Operação Monte Carlo.

Entre as novidades, figura em todas as agendas eletrônicas do rádio Nextel usado pela quadrilha o nome de João Cláudio Monteiro, filho de Cláudio Monteiro, ex- chefe de gabinete do governador do DF, Agnelo Queiroz. Cláudio Monteiro foi citado pela PF na Operação Monte Carlo como usuário de um dos telefones e rádios habilitados pela Nextel no exterior.

Cachoeira usava os telefones com a certeza de que a lei brasileira não autorizaria o monitoramento desses telefones, Cláudio Monteiro, em seu depoimento à CPMI já deixou claro que seus filhos são maiores e responsáveis por seus próprios atos, tentando assim se esquivar da relação que tem com o bando do bicheiro, Carlinhos Cachoeira.

João Cláudio trabalhava para empreiteira Delta, segundo conversa gravadas pela PF com autorização da justiça. Cláudio Monteiro tenta negar sua ingerência sobre o contrato entre a Delta e o GDF, mas se ficar comprovado que seu filho fazia parte do esquema Cachoeira, com certeza o atual secretário da Copa será a bola da vez puxando para centro do redemoinho o governador, Agnelo Queiroz.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa

O fantasma da Polícia Civil do DF


A Polícia Civil do Distrito Federal está perto de concluir uma investigação que envolve o agente de polícia, Marcello Oliveira Lopes, proprietário de fato da Agência Plá de Comunicação.

Marcelão, como é conhecido, foi flagrado nas escutas telefônicas da Operação Monte Carlo mais de uma centena de vezes trabalhando para o grupo de Cachoeira. 

O que a Polícia descobriu é que Marcelão era fantasma nas repartições em que era lotado. O policial que se diz empresário se condenado na sindicância aberta pela Secretaria de Segurança Pública do DF será exonerado a bem do serviço publico, tendo que devolver salários, porque quando servia ao grupo de Cachoeira não trabalhava para Polícia Civil.

Também serão responsabilizados os delegados e chefes de setores que abonavam as faltas do agente, fazendo vista grossa para que ele pudesse desenvolver suas atividades paralelas que eram bancadas com dinheiro público.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa

Grupo de Agnelo quer comandar federação de futebol

Cargos no governo do DF são moeda de troca em eleição para entidade brasiliense. Possibilidade de lucro com a Copa motivaram interesse repentino


Em dezembro do ano passado, VEJA mostrou como o combalido futebol brasiliense atraiu subitamente o interesse de políticos ligados ao PT.

De olho nos rendimentos trazidos pela Copa do Mundo e pela gestão do bilionário estádio Mané Garrincha, o grupo do governador Agnelo Queiroz tem lançado seus tentáculos sobre o esporte.


A eleição para a presidência da Federação Brasiliense de Futebol (FBF), nesta terça-feira, deve marcar mais um capítulo dessa ofensiva - que pouco tem a ver com o futebol. Leia mais

 
Fonte: Veja Online
Blog do Edson Sombra

Filippelli derrota Swedenberger Barbosa

Desde os tempos dos governos de Joaquim Roriz, o hoje vice-governador do DF, Tadeu Filippelli (PMDB), sempre foi considerado um “político cauteloso” e que sempre evitava conflitos ou disputas internas dentro do governo. Seguia à risca um mantra de Roriz que dizia sempre que em governo o certo é “ciscar para dentro”.

Nos últimos meses, Filippelli vem ouvindo o que quer e o que não quer para evitar conflito. Só que na última sexta-feira (21/9) ao ler o Diário Oficial do DF, ele se deparou com o decreto nº 33.916, assinado pelo governador Agnelo Queiroz, que promovia alterações na estrutura da Coordenadoria das Cidades da Casa Civil, comandada pelo “todo poderoso” Swedenberger do Nascimento Barbosa, que vem se comportando como uma espécie de “capataz” no Palácio do Buriti. Leia mais
 
Fonte: Estação da Notícia
Blog do Edson Sombra

Não parte de Agnelo


O senador Cristovam Buarque (foto) confirma que vem sendo procurado por interlocutores do Palácio do Buriti que procuram aproximá-lo do GDF.

Ontem mesmo esteve com o secretário de Habitação, Geraldo Magela, e em dias anteriores com o secretário do Conselho Político, Roberto Wagner, com o ex-deputado Chico Floresta e com Oswaldo Russo, diretor da Codeplan.

Cristovam só não consegue acreditar que sejam efetivamente emissários do governador Agnelo Queiroz e muito menos que Agnelo esteja por trás dessa movimentação. Leia mais
 
Fonte: Coluna Do Alto da Torre / Jornal de Brasília 
Blog do Edson Sombra

Adeus, Lula

A presença constante no noticiário de Luís Inácio Lula da Silva impõe a discussão sobre o papel que deveriam desempenhar os ex-presidentes. A democracia brasileira é muito jovem.

Ainda não sabemos o que fazer institucionalmente com um ex-presidente. Dos quatros que estão vivos, somente um não tem participação política mais ativa.

O ideal seria que após o mandato cada um fosse cuidar do seu legado. Também poderia fazer parte do Conselho da República, que foi criado pela Constituição de 1988, mas que foi abandonado pelos governos - e, por estranho que pareça, sem que ninguém reclamasse. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Globo
Blog do Edson Sombra

Julgamento do mensalão: Todos querem ser 'amigo de Barbosa'

Em Paracatu, sua cidade natal, ministro é elogiado até por candidato do PT

 
A disputa pela Prefeitura de Paracatu, no noroeste mineiro, tem um ponto de convergência entre candidatos do município: conseguir pegar carona na popularidade do ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, nascido e criado até os 16 anos na cidade.

Para isso, prometem, se eleitos, prestar ao ministro algum tipo de homenagem, como erguer uma estátua dele, por exemplo. Leia mais
 
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo
Blog do Edson Sombra

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Cada vez mais perto do TCDF

Necessidade de contar com um aliado no tribunal leva Agnelo a se definir pela escolha de ex-secretário

 
Ao que tudo indica, o governador do DF, Agnelo Queiroz, bateu o martelo no nome que será indicado ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do DF (TCDF).

O escolhido seria o deputado federal petista Paulo Tadeu, seu ex-secretário de Governo, por agregar as exigências do posto às necessidades do governador, que precisa emplacar no órgão uma pessoa de inteira confiança.

A próxima vaga é do conselheiro Ronaldo Costa Couto, que se aposenta dia 3 de outubro. A indicação é vinculada apenas ao governador. Leia mais
 
Fonte: Jornal de Brasília
Blog do Edson Sombra